sábado, 4 de agosto de 2012


Você pode ser metido, vulgar, desinteressante ou até mal exemplo para as pessoas. Mais você pode ser o que escolher ser. Julgamento alheio nunca foi um elemento essencial pra se viver.